Colégio Gaspar: 65 anos de união com a comunidade

O Colégio Gaspar Silveira Martins comemora 65 anos de história dedicada à educação. Fundado em 2 de abril de 1953, com o objetivo de promover a educação e a cultura em Venâncio Aires, a instituição celebra a data, principalmente por seu momento de crescimento e proximidade com a comunidade.

O Colégio Gaspar é uma Escola Comunitária mantida pela Associação Escolar Gaspar Silveira Martins e ligada à Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB). A instituição atende estudantes desde a Educação Infantil até o Ensino Médio, oferecendo, além do ensino regular, atividades extracurriculares. Por se tratar de uma organização filantrópica, sem fins lucrativos, a entidade oferece bolsa de estudos e pratica projetos sociais a serviço da sociedade.

O Gaspar surgiu a partir do movimento de membros da Comunidade Evangélica de Venâncio Aires. Hoje, 65 anos depois, caminha com independência, mas sempre haverá o vínculo com a Igreja Evangélica de Confissão Luterana. Segundo o pastor Lair Hessel, o colégio e a comunidade estão unidos de forma plena, não apenas pelo Gaspar integrar a Rede Sinodal, mas porque toda ação de um reflete no outro. 'Um dos principais objetivos de uma comunidade é investir na educação e isso se reverte na formação de cidadãos e na ética. Isso influencia positivamente na sociedade como um tudo'.

Atualmente dirigido por Tiago Becker, o colégio vive uma fase de crescimento no número de alunos e de aproximação com a comunidade. 'De maneira geral, pode-se dizer que o Colégio Gaspar vive um bom momento de sua história. Como resultado de um projeto de escola pensado e direcionado para a comunidade. Nos últimos anos, a instituição vem aumentando significativamente o número de estudantes matriculados e qualificando constantemente a sua proposta de educação', explica.

525é o número de estudantes matriculados desde a Educação Infantil até o Ensino Médio.

O trabalho da direção do Gaspar é reforçado pela Associação Escolar Gaspar Silveira Martins, presidida por Gilberto Bender. O grupo é responsável por ajudar na qualificação estrutural da instituição. 'O investimento na qualificação estrutural traduz aquilo que queremos da escola. A instalação do elevador e de rampas de acesso, por exemplo, demonstra uma preocupação com a inclusão e acessibilidade. Outro aspecto importante é a construção e qualificação de espaços de uso da comunidade, como, por exemplo, o nosso auditório', enfatiza Bender.

Ensino Superior

No final do ano passado, o Gaspar ganhou o reforço de uma instituição de ensino consolidada no Rio Grande do Sul e que aposta na qualificação no Ensino Superior. A Univates firmou parceria para instalar o polo EAD junto ao prédio do colégio venâncio-airense.

O reitor da Univates, Ney José Lazzari, ressalta a importância de se somar ao colégio com o ensino a distância. 'Não há como termos uma cidade ou uma região desenvolvida sem termos construído anteriormente grandes obras para a qualificação e a educação das pessoas. O papel histórico do Colégio Gaspar é o de garantir essa qualificação para uma grande parte da população venâncio-airense', afirma.

Completando 65 anos de tradição, o Colégio Gaspar quer enfatizar seu papel na formação de instruídos que, como Martinho Lutero já havia colocado, são a principal força de uma cidade. Com diversos projetos e ações, a instituição consolida-se no município como uma referência em educação e, neste caderno especial, a Folha do Mate apresenta o atual momento do Gaspar.

Por Daniel Heck - Folha do Mate